Siderius Nuncius


Catorze de outubro do ano da Graça de dois mil e nove. Ano Internacional da Astronomia. Há quatrocentos anos, Galileu aponta pela primeira vez um telescópio para os céus (sim, a China…). E eu, hoje, aponto o meu.

Vejo Canopus, linda e soberana (Sírius não estava visível, como?!).

Fácil de ver

de achar e voi-la,

na ocular está

E como todos sabemos, mais universal que a Lei da Gravidade é Lei de Murphy: por uma semana, o céu que antes estava límpido e risonho, fechou-se ao chegar o telescópio. Ok…

Sem dúvidas, não tenho Hubble, mas já posso ver mais que a olho nu.

Feliz 😀

Anúncios