wirelessFidelity

Grande é a vida daqueles que sabem lembrar do passado.

**–

Mais um texto da categoria diarréia cerebral, cuidado ao ler!

**–

Comprei um kit wireless de mouse e teclado da Microsoft, muito bonito, muito bom; ainda não me acostumei com a barra de espaço, mas enfim, isso aqui não é propaganda.

Esse fato apenas me fez lembrar do primeiro kit que tive, vão-se anos. Nesse interim vi muitas coisas conheci muitas pessoas aprendi vários fenomenos errei muitas vezes – também aprendi que escrever longas frases sem vírgula é charmoso.

Ocorreram incontáveis mudanças dentro da caixa preta a qual chamamos de computador, e elas são ignoradas por quase todos. Contudo, as mudanças que a caixa preta a qual chamamos de computador fez não podem ser ignoradas. Destaco uma delas: as redes sociais, que tão pouco se importam com mudanças de mouses e teclados dos usuários, apenas desejam que sejam usados freneticamente.

A grande sacada da TI é não ser linear, ie, as coisas podem surgir e desaparecer muito  rapidamente. Não ache que o Twitter nasceu em 2010 (ano do boom em 140 caracteres), mas sim em 2006, um entre outros exemplos de empresas que existem há muito tempo mas só recentemente ganharam fama. Demonstra que apesar do pesares as coisas se mantém como sempre foram. Nunca se viu um banco recém criado ser o maior banco de sua região.

**–

Eu sempre tive computador, comecei com um 386,  486, K6…  mas não os tive como top de linha, sempre meu computador era anos defasado. Mas do momento de meu primeiro kit wireless eu tinha um Pentium 4, que na ocasião era o último processador da Intel.

Com recursos limitados de software (Windows 3.11 era o melhor que tinha) e de hardware (386 não é mais rápido que o i3 dã) você tem que sugar o máximo, aprender a se virar com recursos mínimos. São características importantes, desenvolvidas para computação e aperfeiçoadas na vida. Hoje vejo que tive um melhor proveito dos meus PCs antigos (além da rígida disciplina imposta pelos meus pais sobre meu ‘brinquedo’ novo), hoje essa geração – cujos telefones usam todo processamento do mundo para escutar músicas idiotas – não sabem tirar proveito do computador. São escravos dos meios digitais e não ganham nada com isso. Coitado desse povo sub20.

**–

Assim eu terminei minha diarréia. Eu poderia me redimir se conseguisse fazer uma junção muito bem feita entre todos os itens.

Mas o resultado da evacuação das vias do meu cérebro perderam-se no sistema de backspace e o outro resto evanesceu-se pelas ondas do rádio, com fidelidade.

Anúncios

Um pensamento sobre “wirelessFidelity

  1. Você anda muito nostálgico. Os temidos 26 ainda não chegaram.

    De fato, a galera mais sub 20 nem e-mail manda, só usa processadores de texto
    quando necessário enão tem a menor idéia de o que é uma linha de comando.

    Espero que eu não tenha sido incluído nesse grupo, mesmo com os meus 19.

Discorde aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s